MENU

Casa e Jardim Março/2018

0
199
0
APÓS REFORMA, APARTAMENTO GANHA AMBIENTES INTEGRADOS E BASE NEUTRA Outra particularidade do projeto do escritório Andrade & Mello Arquitetura é que as suítes não possuem paredes para separar as áreas de dormir e banheiro. A planta original do apê de 234 m², no bairro Santo Antônio, em São Caetano do Sul, haviam quatro quartos e pouca conexão entre os ambientes. A proposta dos arquitetos Érika Mello e Renato Andrade foi de integrar a cozinha ao living e demolir paredes para diminuir o número de dormitórios e ampliá-los. “A moradora queria um espaço para relaxar dentro do quarto, que ainda deveria ser espaçoso e ter um closetmaior que o antigo”, conta Renato. Deste modo, as suítes ganharam maior espaço interno e chamam a atenção por uma particularidade: a ausência de divisões entre o ambiente de dormir e a área de banho– isso mesmo, eles não têm paredes! “Por conta disso, a amplitude e a fluidez ficaram ainda mais evidentes”, explica Erika. Leia mais aqui!
Read More ›

Portal Terra

0
209
0
Arquitetos derrubam paredes para ampliar flat de 43m². Na sala, o uso de poucos móveis, e todos encostados nas paredes, ajudou a aumentar a área de circulação da casa. No detalhe, o sofá cama moderno e despojado. Ao derrubar a parede que separava a cozinha da sala, o projeto integrou os ambientes e criou uma bancada única, que começa na pia e vai até a mesa de jantar. O corredor que ligava a sala ao quarto também foi eliminado e parte da antiga parede se transformou numa extensão da pia da cozinha, onde foi instalado um cooktop e prateleiras de vidro. Com a extinção da parede que isolava a cozinha, foi possível criar uma área de serviço, que não existia no projeto original do apartamento. Veja na íntegra aqui.
Read More ›

Portal Delas IG

0
260
0
Para economizar e dinamizar espaços, os arquitetos Erika Mello e Renato Andrade embutiram móveis  A primeira medida dos arquitetos Erika Mello e Renato Andrade quando se depararam com o desafio de remodelar o apartamento de 36 m² foi demolir paredes e eliminar corredores. Para dar unidade, o piso do apartamento foi todo revestido com tacos palito, com exceção da cozinha, onde os arquitetos optaram por porcelanato branco (Gyotoku). A junção dos materiais é curva, solução que garante profundidade. No pouco espaço da bancada da cozinha, o fogão tradicional foi substituído por um cooktop de apenas duas bocas. O lixo foi embutido no armário, assim como o escorredor de louças. Quando as visitas chegam, é possível unir os aparadores do hall de entrada e transformá-los numa mesa de jantar com espaço para quatro pessoas. Veja mais aqui.
Read More ›

Portal Casa

0
203
0
9 truques que fizeram milague na reforma do apartamento de 36m². Mudança de vida: móveis multiuso, pisos práticos, quarto que vira home theater e outras ideias mágicas para espaços pequenos. A oportunidade de arrematar este imóvel apareceu de repente na vida da administradora de empresas Adriana Bernardes, de São Paulo. “Minha amiga estava se mudando para o Rio de Janeiro. Era pegar ou largar”, brinca a moça, que, a princípio, estranhou a ideia de viver num flat. Em dois meses, os 36 m² se transformaram nas mãos dos arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, graças à redistribuição da planta, aos novos acabamentos e à marcenaria impecável, com direito a uma tábua de passar escondida.  “Adorei tudo. E eu que achava que não caberia nada hoje tenho gavetas vazias”, diz. Para entender melhor como funciona este espaço. Veja mais aqui.
Read More ›

Portal Casa e Jardim

0
211
0
Soluções transformam o apê da praia em refúgio. Quem disse que apartamento na praia é só para as férias de verão? O escritório Andrade & Mello investiu nas características dos moradores, e o resultado é um apartamento perfeito para toda a família curtir qualquer época do ano. Ter um apartamento na praia é uma extensão da sua casa, certo? Errado! Segundo o arquiteto Renato Andrade, do escritório Andrade & Mello, a casa de veraneio é a oportunidade perfeita para fazer um contraste das atitudes cotidianas com as férias. “Talvez uma cozinha toda amarela seja muito cansativo para quem faz uso dela todos os dias, mas é bem alegre chegar e dar de cara com aquele amarelão nas férias”, comenta.
Read More ›